Nos dias atuais os desafios ambientais estão, cada vez mais, urgentes e presentes no nosso cotidiano!

Quintal Orgânico Itinerante é uma proposta de ação que pretende contribuir difundindo por espaços educativos, culturais e associativos as práticas ecológicas da compostagem, do plantio saudável de plantas comestíveis, medicinais, ornamentais, da reutilização de materiais descartados, da incorporação de uma alimentação saudável, da arteducação ambiental, entre outras.

Pretende-se incentivar a alteração das atitudes adotadas como comuns na atual relação com a natureza, e, contribuir na organização e viabilidade de outras produções coletivas de alimentos saudáveis, de materiais eco-pedagógicos (escritos, imagéticos, sonoros, teatrais), enfim, contribuir com o fortalecimento da cultura ecológica. Outro objetivo é o fortalecimento de um coletivo de pessoas que atue questionando os chamados 'problemas urbanos', e, que ao mesmo tempo, aponte alternativas relativamente autônomas para tais problemas, tais como: saídas ecológicas para resíduos sólidos (reciclagem de papel para produção de cadernos, cartões, entre outros), produção de adubo orgânico e hortas urbanas (comunitárias e com reciclagem), produção de ações teatrais polêmicas e dinamizadoras de denúncias e resistências contrárias a opressão.rupo de estudo e bio-construção/ação).

Não esperemos!

O QUINTAL ORGÂNICO ITINERANTE é uma gota no oceano mas também é a possibilidade de começar a fazer diferente. Separe o lixo, plante uma árvore, cumprimente seu vizinho, componha um samba...





Web rádio - Quint@l Orgânico

sábado, 29 de agosto de 2009

Encontro no Quintal

É amanhã Domingo 30/08/09 às 16H!



Vamos realizar um percurso observador pelo espaço, conversar sobre os planos e projetos do Quintal, e, compartilhar um lanchinho e uns poemas!



Venha conVERSAR embaixo da mangueira!

quinta-feira, 27 de agosto de 2009

A compostagem do lixo orgânico no Quintal.

Existem três áreas destinadas a compostagem do lixo orgânico (úmido e sêco) realizadas no Quintal :
1- Nas caixas de madeira abaixo de algumas árvores, procedimento: cortar em pedaços pequenos o lixo orgânico úmido (cascas de frutas, de ovos, de legumes, ...); picar também o orgânico seco (mato seco amontoados no espaço) em pedaços; intercalar nas caixas o orgânico seco e o orgânico úmido na proporção de 3:1, ou seja, 3 quantidades de seco para uma quantidade de úmido. Revirar essas camadas de dois em dois dias. OBS. Essa área está desativada e seria bem interessante reativá-la!
2- Na Banheira: intercalar o orgânico seco e o orgânico úmido na proporção de 3:1, ou seja, 3 quantidades de seco para uma quantidade de úmido. (salpicar terra vermelha entre as camadas) Regar e revolver de dois em dois dias.
3- Recuperação do solo: Na área próxima ao Pinheiro acima do viveiro lona azul há buracos onde enterramos o lixo orgânico úmido em camadas com a terra vermelha ao redor (orgânico + terra + orgânico + terra).

A compostagem é um processo que pode ser utilizado pra transformar diferentes tipos de resíduos orgânicos em adubo que, quando adicionado ao solo melhora suas condições físicas, fisico-quimicas e biológicas. A idéia é facilitar que macro e micro-organismos aeróbicos realizem a decomposição dos resíduos, sendo que organismos aeróbicos realizam a decomposição sem deixar cheiro desagradável no ar.

Venha conhecer!

segunda-feira, 24 de agosto de 2009

O projeto ECO+ARTE

A partir de agosto - e pelo menos uma vez ao mês - acontecerão os encontros ECO+ARTE, uma proposta de momento para experimentação artística / cultural, envolvimento interpessoal e exploração da criatividade. Os mais diversos formatos e assuntos serão sugeridos. A idéia central é aproveitar os recursos de nosso entorno, os naturais já não vivos, os industriais descartados e os sentimentais / emocionais adormecidos (ou sufocados pela repressão)...
A primeira ação acontece nesta quarta-feira, dia 26, das 14 às 16 horas, e é uma oficina chamada Paisagens caídas. Nela, recolheremos materiais orgânicos pelo terreno e desenvolveremos composições e combinações com outros trazidos da parte externa - as sucatas.
Entrada franca (embora contribuições voluntárias sejam sempre muito bem vindas). Vivência indicada para todas as idades.
obs.: assim como nos outros projetos dentro de nosso coletivo, este também está extremente aberto a sugestões e apoios diversos.

sábado, 22 de agosto de 2009

terça-feira, 18 de agosto de 2009

Mais informações sobre lixo orgânico!



O que é lixo orgânico?-------
Restos de comida em geral, cascas de frutas, casca de ovo,sacos de chá e café, folhas, caules, flores, aparas de madeira, cinzas.
------ O que devo fazer com o lixo orgânico?
A princípio todo o lixo orgânico é enviado juntamente com o não reciclável, para aterros sanitários, lixões ou usinas de incineração. Mas existe outra finalidade para estes resíduos que é a compostagem.No lixo orgânico para compostagem deve-se evitar: Gorduras, lacticínios, carne peixe e frutos do mar, cinzas em grande quantidade.
http://www.ib.usp.br/coletaseletiva/saudecoletiva/organico.htm

sexta-feira, 14 de agosto de 2009

Lixo Orgânico: existe solução?


Nos grandes centros urbanos as condições de saúde das populações, do meio-ambiente, dos ecossistemas, pioraram demasiadamente, pois as áreas disponíveis para a deposição do lixo tornaram-se escassas e a sujeira acumulada só tem aumentado à poluição das águas, dos solos e do ar. Breve chegará o momento em que estaremos com lixo por todos os lados.A composição do lixo apresenta vários problemas. Um deles é diferenciar lixo orgânico (restos de alimentos, papéis, cascas de frutas e legumes, a comida que estragou na geladeira, podas dos jardins) do lixo inorgânico (plásticos, metais, vidros, madeiras com pinturas e vernizes). A principal característica do lixo orgânico é a possibilidade da decomposição com intervalos relativamente curtos. Mandar o lixo orgânico para os aterros sanitários, através da coleta pública é um enorme erro, uma saída muito fácil, mas uma atitude criminosa contra o meio-ambiente.

O que faço com meu lixo orgânico? Aonde devo colocar os restos de comida, as cascas de frutas e legumes? E os galhos e as folhas das podas, devo queimar?A resposta é muito simples: dêem para as minhocas, elas vão adorar!!! Minhocas? Que nojo!!???

"Hoje, o lixo seco já tem mercado, virou dinheiro. Há indústria para reciclar latinhas de alumínio e garrafas PET. Não se vê uma na rua", diz o administrador de empresas Cesar Cassab Danna, 35, um dos fundadores do Instituto Coopera. "Mas o lixo orgânico, que, segundo estatística mundial, representa mais da metade de uma lixeira doméstica, é o grande vilão. Mal manejado, é o que mais polui. Gera gás metano e chorume, aquele líquido ácido que acaba no lençol freático e contamina os rios."
O Quintal Orgânico realiza a COMPOSTAGEM DO LIXO ORGÂNICO!!!!
Venha conhecer esse processo!

sábado, 8 de agosto de 2009

Feijão Andu

Quando iniciamos (eu e Alessandro) os primeiros plantios nesse espaço que hoje chamamos de Quintal Orgânico recebemos do vizinho Januário as sementes do Feijão Andu. Naquele momento plantávamos tudo (mudas, sementes, galhos de plantas, ) sem muita organização, mas o feijão Andu logo me chamou a atenção ele cresce tão rápido que antes mesmo de ter um tronco firme já está cheio de galhos, folhas, flores e vagens. aí o tronco não agüenta e o pé fica querendo ser planta rasteira, mas isso não acontece. Ele está mais para um arbusto. É uma planta bonita! Só que não sabia como apreciá-lo na cozinha...então os pés ficaram lá lindos com as flores amarelas e cheios de abelhas e eu colhia, guardava e replantava as sementes. Quando o Sr. Zé começou a trabalhar no Quintal logo comentou sobre os pés de feijão Andu, mas quando ele viu todos aqueles pés com as vagens verdes, carregadinhos dessas vagens verdes, ele exclamou: Isso numa fritada com toucinho fica uma coisa!
Eu logo fui perguntando ao seu Zé como era esse negócio de comer o feijão ainda verde?! E ele respondeu que ao seu gosto, é a mais saborosa forma de saborear o feijão Andu!

Fotos dos pés de feijão Andu no Quintal (Ana L Frari)

sexta-feira, 7 de agosto de 2009

Temos no Quintal Orgânico!

Plantas Medicinais
Os vegetais, em essência, são utilizados como fontes de abrigo, alimentos medicamentos e venenos. A distinção entre as substâncias alimentícias, medicamentosas e tóxicas existe somente em relação à dose em que são empregadas e para qual finalidade são empregadas. As plantas medicinais são aquelas que contem substancias com propriedades terapêuticas , profiláticas ou paliativas. O uso de remédios a base de ervas remonta as tribos primitivas, a utilização de plantas com finalidade curativa se tornou uma prática comum a todos os povos. O uso popular dessas plantas orientou e continua sendo a base de muitas pesquisas cientificas para a produção de fármacos fitoterápicos. Embora as ervas medicinais sejam utilizadas no mundo todo, é importante saber distingui-la de outras plantas semelhantes, conhecer seu uso e preparo adequado e dosagem, pois cada espécie tem uma finalidade própria, quando mal empregada ou ingerida indiscriminadamente pode até agravar ou provocar certas doenças.











Erva fotografada no Quintal por Ana Luiza Frari.
Citronela/Capim de Citronela ou Cidró do Paraguai
Nome científico: Cymbopogon nardus
Propriedades medicinais: calmante, bactericida, febrífuga, sudorífica, carminativa, repelente de insetos (mosquitos, traças. borrachudos e formigas)
Indicações: repelente de insetos
Uso: maceração e infusão das folhas

quinta-feira, 6 de agosto de 2009

Temos no Quintal Orgânico!!!


Olá Amigos do Quintal!


Retomando a apresentação dos cultivos no Quintal, publicamos hoje a foto de uma pequena plantação de feijão!


Ana Luiza Frari